ALEX COSTA DE OLIVEIRA JUIZ (DF) AUTORIZA TÉCNICAS DE TORTURA CONTRA ESTUDANTES


ALEX COSTA DE OLIVEIRA JUIZ (DF) AUTORIZA TÉCNICAS DE TORTURA CONTRA ESTUDANTES 

Justiça do DF autoriza uso de técnicas de tortura contra estudantes em ocupações. Entre as ações, estão cortes do fornecimento de água, luz e gás das escolas, uso de ruídos para impedir o período de sono e restrição ao acesso de familiares, amigos e alimentos 

 juiz ainda ressalta que tais medidas ficam mantidas, "independentemente da presença de menores no local"

 "Autorizo expressamente que a Polícia Militar (PM) utilize meio de restrição à habitabilidade do imóvel, tal como, suspenda o corte do fornecimento de água; energia e gás (...) restrinja o acesso de terceiro, em especial parentes e conhecidos dos ocupantes (sic)", determinou Oliveira. O magistrado pede ainda a identificação de todos os ocupantes e que a PM observe uma eventual prática de corrupção de menores no local. A determinação é paralela à determinação de reintegração de posse imediata das escolas, emitida no dia 28, demandando apenas que a polícia efetive o reconhecimento dos locais, conheça o número de ocupantes e disponibilize efetivo para a ação. Para o advogado Renan Quinalha, que auxiliou os trabalhos da Comissão da Verdade do Estado de São Paulo, a decisão é absurda e legitima técnicas de tortura contra estudantes nas escolas ocupadas. "É uma reedição de técnicas de tortura. São considerados meios mais amenos, por assim dizer, por que não tem violência direta, mas isso agride física e mentalmente os estudantes. Visa criar o caos entre os jovens. Não é para convencer. É autoritário e violento", afirmou. 
Gostou Compartilha


Palavras ao Vento " CASI  "

O seu apoio é muito importante
 ASSINE o FORA TEMER.
AJUDE O BRASIL  ASSINE A PETIÇÃO
 ASSINE A PETIÇÃO CONTRA O GOLPE

"Original Casi Souza"...

Clique no Olho Assista o vídeo e comente o que Sentiu Acredita em Visões?  Clique no Olho e sinta através da Energia escondida em você !




Palavras ao Vento " CASI Profetizando O AMOR"  

Comentários
0 Comentários