CIENTISTA POLÍTICO FOI RETRUCAR LULA SOBRE FMI E SE FODEU VEJA

" VOCÊ PODE TER DIPLOMA TEÓRICO SOBRE POLÍTICA, EU TENHO VIVÊNCIA DISPUTEI 4 GANHEI 2 E ELEGI 2 E IREI GANHAR OUTRA EM 2018, TEORIA E UMA COISA PRÁTICA E OUTRA SE CANDIDATA E VEM DISPUTAR COMIGO PARA SABER O QUE FALAR ANTES DE CRITICAR  "
LUIZ FELIPE D'AVILA CIENTISTA POLÍTICO DIZ: "República das Bananas" significa, acima de tudo, honrar compromissos nacionais e internacionais. Qualquer quebra de acordo nacional e internacional, aí sim, o país se comporta como "República das Bananas". 
Lula RESPONDE:  Veja, eu acho que o Brasil tem uma coisa mais séria para fazer, possivelmente. 
Luis Felipe D'Ávila: [interrompendo] Mais séria que cumprir acordos? 




Lula: [exalta-se e muda o tom de voz]

 Esse País tem uma dívida mais importante do que a dívida externa, mais importante que a dívida interna. É uma dívida social. 
É uma dívida com mais da metade da população brasileira, o governo do PT, vai dizer para o FMI: "Olha, nós reconhecemos a dívida, até porque  metade dela é do setor privado. 
Agora, espera aí: vocês podem reinvestir parte desses juros em setor produtivo no Brasil". E nós temos que criar um clima mundial. 
Você tem que pegar os países devedores e começar a abrir uma discussão. 
Não é possível que desçam três burocratas do FMI, no aeroporto de Brasília, para dizer  o que nós temos que fazer com a economia! Cadê a nossa soberania, a nossa dignidade, a nossa honradez? 
"Nos primeiros anos de governo Lula pagou o FMI as dividas que o  PSDB criou, e no final do primeiro mandato Lula tinha levado o Brasil há 6º maior Potencia do Mundo"
FONTE " RODA VIVA " 
QUAL A SUA OPINIÃO:

AJUDE O BRASIL  ASSINE A PETIÇÃO

Luiz Inácio Lula da Silva
1/10/1999
Lula critica o governo de Fernando Henrique Cardoso, diz não saber se seria candidato à presidência mais uma vez e discute o acordo do Brasil com o FMI

Fonte:  ( RODA VIVA )
Participe clicando no Botão Abaixo

Palavras ao Vento " CASI 

  
Palavras ao Vento " CASI Profetizando O AMOR"  
Comentários
0 Comentários